06/11/2012

Fortaleza

Recebi essa mensagem de um amigo e compartilho aqui por achar que é uma pergunta que aflige a todos, sem exceção. Obviamente manterei a identidade dele como a nossa essência: anônima.

Caro, amigo.
Ultimamente sinto-me um prisioneiro dos meus vícios.
Sei tantas coisas certas a fazer mas não consigo deixar meus vícios.
Assistir TV, dormir tarde, desejo sexual, comer carne, açúcar, vinho.
E parece que estou sempre sem tempo. Atrasado.
Sou muito grato por Deus me deixar viver tantos dias.
Um após o outro. São muitas oportunidades de se Iluminar.
Acredito que a vida após essa encarnação pode ser infernal, e não é uma boa
idéia não estar disperto.
O que me falta para fazer o que eu sei que é o certo a fazer?
Eu sinto que teria que transformar minha casa num Templo, um Ashram.


Caro, amigo.
Eu te conheço há algum tempo e sei que às vezes você se deixa diminuir muito por essa cobrança constante que você mesmo se impõe.
Olhe em volta, sua família é maravilhosa, seus filhos são lindos e cheios de saúde e você tem agora uma condição financeira estável que lutou muito para conseguir. Não se esqueça disso, isso é a sua fortaleza.
O restante você pode ir trabalhando aos poucos, um dia após o outro.
Prazeres são bons também, desfrute com vontade e observe que eles são passageiros, que tudo é passageiro, mas que ainda assim, algo em nós é eterno e constante, isso que importa. Encontrar essa essência e manter a consciência dela é o que importa, comer menos carne, assistir menos TV, dormir tarde, tudo isso é secundário e começa a "desacontecer" naturalmente quando você está mais próximo de você mesmo.
Acho sua pergunta sensacional! Pense nela durante o seu dia, deixe ela amadurecer: "O que me falta para fazer o que eu sei que é o certo a fazer?". Talvez o caminho seja buscar por quem faz.

2 comentários:

anaveetmaya disse...

Adorei o tema, a pergunta e a resposta! Vícios, vícios, vícios... hábitos... Eu gosto de tomar café da tarde com você e comer muffin de baunilha! hehehe Let's go sexy peeopleeeeeeeeeeeeeeee! uhuuuuuuuuuuuuu beijos saudosos anaveetmaya

Marcella disse...

Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
1 Coríntios 6:12

É necessário olhar como águia, acima da tempestade... Olhar acima das coisas desse mundo, mesmo que ao se tornar águia vc tenha que permanecer na mais alta montanha para ser restaurado, tirar suas penas, arrancar suas unhar, e permitir que nasça tudo novo. Assim, poderá se ver vôos ainda mais altos!
Mãos em prece, coração no Eterno, e o espírito conectado com a essência de Deus e a virtude de Jesus!